Facebook Twitter

Kanji

Os kanji (漢字) são caracteres da língua japonesa com origem de caracteres chineses, da época da Dinastia Han, que se utilizam para escrever japonês junto com os caracteres silabários katakana e hiragana.

No Brasil, kanji, também é sinónimo de ideograma. Sempre foi muito utilizado na confecção de tatuagens. Devido ao imenso e variável número de kanji’s, o ministério da educação japonês definiu, a 10 de Outubro de 1981, a jōyō kanji, uma lista de 1945 kanji oficiais, distribuídos por ordem de traços, de 1 até 23.

Os kanjis são ideogramas que expressam coisas concretas e abstratas, através de radicais (partes indivisíveis dos kanjis) que dão idéias que somadas formam a palavra (ás vezes o radical é o próprio kanji, ou a palavra é formada por mais de um kanji). Há três tipos de kanjis:

Pictográficos: São desenhos de objetos e fenômenos do cotidiano. Exemplos:

  • 火 (fogo. A lenha em chamas levantando labaredas para o alto)
  • 日 (sol. O traço do meio representa a estrela em si, e o quadrado ladeador, seu brilho)
  • 月 (lua. A esfera manchada com a parte esquerda oculta pela sombra)
  • 川 (rio. Os traços ilustram as curvas formadas pela correnteza)
  • 雨 (chuva. Gotas caem do alto)
  • 人 (pessoa. Pernas abertas)
  • 木 (árvore. Evidencia a árvore e suas principais ramificações)
  • 鳥 (pássaro. Está de perfil, a cabeça tem uma pluma rebelde e está voltada para esquerda. abaixo, a asa seguida das garras)
  • 馬 (cavalo. De perfil, seu pescoço e cabeça voltados para esquerda. Traços horizontais formam a crina. e os inferiores suas patas)
  • 龍 (dragão. Do lado esquerdo temos sua face. A partir da padronização de caligrafia reisho (隸書) em diante (sem passar para as formas cursivas), sua boca e bigode se assemelham com o radicais “lua” ou “carne”, mas não o são, porque este kanji é um radical po si só. No Japão, foi substituído por 竜 mas ainda é razoavelmente utilizado.)

 

Ideográficos: Representam o abstrato (sentimentos, idéias, números, etc.) Exemplos:

  • 一 (um. um traço horizontal simboliza a “unidade”)
  • 二 (dois. dois traços, duas unidades)
  • 三 (três traços, três unidades)
  • 上 (em cima/superior. O traço menor está acima da superfície)
  • 下 (embaixo/inferior. O traço menor está abaixo da superfície)

Complexos: Existem dois tipos

1. Formados por radicais que juntos formam uma nova idéia. Exemplos

  • 明 (claridade. É formado pela combinação dos radicais 日(sol) e 月(lua)
  • 林 (bosque. É composto de dois radicais 木(árvore)
  • 森 (floresta. É formado por três radicais 木(árvore)
  • 男 (homem. É representado como “a força (力) dos campos de arroz (田)”
  • 休 (descançar. A pessoa (人) numa árvore (木), relaxando.)
  • 好 (gostar. É o que a mulher (女) sente pelo filho (子)
  • 四 (quatro. Uma “caixa” 囗 com os “membros humanos” (儿) que são quatro.)

2. Um radical fornece o sentido, e outro a pronúncia (na maioria das vezes on-yomi). Exemplos:

  • 銅 (Cobre. O radical 金 significa “metal”, enquanto “igual” (同) fornece a pronúncia on-yomi “dou”)
  • 聞 (Ouvir, perguntar. O radical “orelha” (耳) dá o sentido, e “portão” (門) a pronúncia on-yomi “mon”
  • 姓 (sobrenome. É composto pelos radicais “vida”(生 – definidor da pronúncia on-yomi “sei”) e “mulher”(女)
Home Kanji
credit
© CPCJ